Só para relaxar......

Só para relaxar......

30 de maio de 2011

Detesto palavrão, mas essa eu tive que postar ........ *rsssssss

ÓIA O GATO, PORRA!!!
   
 

Um policial do 190 atendeu ao telefone e foi anotando o pedido de socorro:

- POR FAVOR, MANDEM ALGUÉM URGENTE, ENTROU UM GATO AQUI EM CASA! É CASO DE VIDA OU MORTE!!!!!!!!!

- Mas como assim, um gato em sua casa???

- UM GATO!!! ELE INVADIU A MINHA CASA E ESTÁ CAMINHANDO NA MINHA DIREÇÃO.


- ELE VAI ME MATAR! PRECISO DE AJUDA!!!!!!

- Mas como assim? Você quer dizer um ladrão que é gato?

- NÃO, IMBECIL! ESTOU FALANDO DE GATO MESMO, DESSES QUE TÊM QUATRO PATAS, RABO, FAZEM MIAU, PORRAAAAAAAA !!! VEM DEPRESSA!!!

- Mas o que tem de mais um gato ir na sua direção?

- ELE VAI ME MATAR !!! PUTA QUE PARIU!!! SE VOCÊS NÃO FIZEREM NADA, SERÃO OS CULPADOS!!!
       
- Quem está falando ?
         

- É O PAPAGAIO, CARÁIO!!!

Amy Winehouse - Back To Black

27 de maio de 2011

Uma dúvida muito interessante......O couvert e a rolha

O couvert pode ser muitas coisas. Aqui, uma cestinha de pães variados, manteiga, patê, tomates secos; ali, apenas a tigelinha com azeite de oliva e torradas; acolá, na versão exagerada da churrascaria, mil e uma porções já bem rodadas na aparência, que forram a mesa, e, intactas, caem fora mal chega o primeiro prato. Ninguém o pediu e, não raro, azeda o ambiente ao chegar a conta. Multiplicado pelo número de pessoas à mesa, o valor pesa na soma. Mas, pasme: nada disso é couvert. Rogério Fasano, proprietário de aclamados restaurantes em São Paulo e Rio de Janeiro, como o Gero, o Parigi e o Fasano Al Mare, põe a questão em pratos limpos. Couvert, ele recorda, é a antiga taxa cobrada pelos restaurantes para a reposição dos utensílios à disposição dos clientes, os pratos, copos, garfos, facas e tudo o mais.
A origem da palavra vem dos tempos medievais, quando, por razões de higiene, nas estalagens e casas da nobreza um pano de linho branco recobria a comida servida. Chamava-se couvert na França, coperto na Itália. Cobertura. A palavra, depois, passou a designar o arranjo de utensílios sobre a mesa, e ganhou ainda um outro significado no século XVII. Nessa época, quando surgiram as primeiras casas de restauração, talheres e copos eram itens valiosos, cobiçados, e, por isso, com frequência surrupiados pelos freqüentadores. Para compensar as perdas, os estabelecimentos instituíram a taxa logo conhecida como couvert, cobrada de todos os clientes.
No Brasil, hoje, o couvert está mais para antepasto, os tais belisquetes não escolhidos, não solicitados e invariavelmente faturados. O cliente sempre pode recusá-los, mas a maioria se sente constrangida e não o faz. Por isso, Rogério Fasano propõe o resgate da acepção original, sem subterfúgios, como taxa destinada "a manter a categoria de copos, pratos, guardanapos ou talheres, coisas que se perdem muito rapidamente no ambiente de um restaurante". Mas - pergunta-se - isso já não entra no preço da comida? "Não", ele responde. "O preço da comida é o custo da comida, o couvert é diferente". Nos restaurante da família, nada de acepipes, mas cobra-se couvert. Custa 27 reais.
Um mérito a proposta tem: confere transparência. O cliente não mais se obriga a aceitar comidinhas indesejadas, nem a tourear garçons de cara amarrada no caso da recusa. O couvert ganha a condição de uma taxa compatível com a qualidade dos utensílios oferecidos, fixada à parte, como já acontece também com a de serviço. E levanta uma outra discussão. Os restaurantes costumam cobrar do cliente que leva seu vinho a chamada "rolha", um valor para cobrir o suposto desgaste de copos e decanteres, além do serviço. Ora, com a reposição dos materiais e o serviço já em rubrica própria, não seria, obrigatoriamente, o caso de repensar o preço da rolha? Fica a sugestão a Rogério Fasano, em cujo restaurante principal, o Fasano, espeta-se 90 reais na conta do cliente que leva seu vinho.
Enodicas
+ Os tintos e brancos argentinos estão momentaneamente bloqueados nas alfândegas européias. Começou pela Alemanha, onde se constatou a presença do fungicida natamicina em remessas de vinhos do país vizinho. A substância, imprópria para o consumo, seria usada, segunda as vinícolas, apenas para a limpeza das adegas, mas o laboratório Dubernet, um dos responsáveis pelas análises, contradiz a afirmação. "A natamicina é muito cara para servir como produto de limpeza, porém se trata de estabilizante muito eficaz, que elimina uma levedura indesejada, a Brettanomyces", assegura Marc Dubernet, diretor do laboratório. O pesticida foi inicialmente encontrado nos vinhos Fuzion e Santa Júlia. Depois, em diversas outras marcas: Santa Andréa, Terra Nova, Vila Atuel, Légende de Pólo e Maranon. Metade das amostras analisadas evidenciava contaminação. Na Alemanha, 120 mil garrafas de vinhos da Argentina foram retiradas do mercado. A enóloga Suzana Balbo, presidente da Wines Argentina, apelou aos produtores pela imediata suspensão do uso da natamicina, embora Guillermo Garcia, do Instituto Nacional da Vitivinicultra Argentina, considere que os resíduos encontrados "não representam nenhum perigo à saúde".

http://www.parana-online.com.br/colunistas/116/74807/?postagem=O+COUVERT+E+A+ROLHA

25 de maio de 2011

Gino & Geno - Apaixonado Por Voce

MULHER BUNDA MOLE...

Belinha acordou às seis, arrumou as crianças, levou-as para o colégio e voltou para casa a tempo de dar um beijo burocrático em Artur, o marido, e de trocarem cheques, afazeres e reclamações. 

Fez um supermercado rápido, brigou com a empregada que manchou seu vestido de seda, saiu como sempre apressada, levou uma multa por estar dirigindo com o celular no ouvido e
uma advertência por estacionar em lugar proibido, enquanto ia, por um minuto, ao caixa automático tirar dinheiro..
No caminho do trabalho batucava ansiedade no volante, num congestionamento monstro, e pensava quando teria tempo de fazer a unha e pintar o cabelo antes que se transformasse numa mulher grisalha.
Chegando ao escritório, foi quase atropelada por uma gata escultural que, segundo soube, era a nova contratada da empresa  para o cargo que ela, Belinha, fez de tudo para pegar, mas que, apesar do currículo excelente e de seus anos de experiência e dedicação, não
conseguiu. Pensou se abdômen definido contaria ponto, mas logo esqueceu a gata, porque no meio de uma reunião ligaram do colégio de Clarinha, sua filha mais nova, dizendo que ela estava com dor de ouvido e febre.
Tentou em vão achar o marido e, como não conseguiu, resolveu ela mesma ir até o colégio, depois do encontro com o novo cliente, que se revelou um chato, neurótico, desconfiado e com quem teria que lidar nos próximos meses.
Saiu esbaforida e encontrou seu carro com pneu furado.
Pensou em tudo que ainda ia ter que fazer antes de fechar os olhos e sonhar com um mundo melhor.
Abandonou a droga do carro avariado, pegou um táxi e as crianças.
Quando chegou em casa, descobriu que tinha deixado a porra da pasta com o relatório que precisava ler para o dia seguinte no escritório!
 Telefonou para o celular do marido com a esperança que ele pudesse pegar os malditos papéis na empresa, mas a bosta continuava fora de área.
Conseguiu, depois de vários telefonemas, que um motoboy lhe trouxesse a porra dos documentos.
 Tomou uma merda de banho, deu a droga do jantar para as crianças, fez a porcaria dos deveres com os dispersos e botou os monstros para dormir.
Artur chegou puto de uma reunião em São Paulo, reclamando de tudo. Jantaram em silêncio.
Na cama ela leu metade do relatório e começou a cabecear de sono. Artur a acordou com tesão, a fim de jogo. Como aqueles momentos estavam cada vez mais raros no casamento deles, ela resolveu fazer um último esforço de reportagem e transar.
Deram uma meio rápida, meio mais ou menos, e, quando estava quase pegando no sono de novo, sentiu uma apalpadinha no seu traseiro com o seguinte comentário:
  
-
Tá ficando com a bundinha mole, Belinha... deixa de preguiça e começa a se cuidar..   Belinha olhou para o abajur de metal e se imaginou martelando a cabeça de Artur até ver seus miolos espalhados pelo travesseiro!
 
Depois se viu pulando sobre o tórax dele até quebrar todas as costelas! Com um alicate de unha arrancou um a um todos os seus dentes depois deu-lhe um chute tão brutal no saco, que voou espermatozóide para todos os lados!
Em seguida usou a técnica que aprendeu num livro de auto-ajuda: como controlar as emoções negativas.
Respirou três vezes profundamente, mentalizando a cor azul, e ponderou.. Não ia valer a pena, não estamos nos EUA, não conseguiria uma advogada feminista caríssima que fizesse sua defesa alegando que assassinou o marido cega de tensão pré-menstrual...
  Resolveu agir com sabedoria. No dia seguinte, não levou as crianças ao colégio, não fez um supermercado rápido, nem brigou com a empregada. Foi para uma academia e malhou duas horas. De lá foi para o cabeleireiro pintar os cabelos de acaju e as unhas de vermelho. Ligou para o cliente novo insuportável e disse tudo que achava dele, da mulher dele e do projeto dele. E aguardou os resultados da sua péssima conduta, fazendo uma massagem estética que jura eliminar, em dez sessões, a gordura localizada.
Enquanto se hospedava num spa, ouviu o marido desesperado tentar localiza-lá pelo celular e descobrir por que ela havia sumido. Pacientemente não atendeu. E, como vingança é um prato que se come frio, mandou um recado lacônico para a caixa postal dele. 

- A bunda ainda está mole. Só volto quando estiver dura. 
  Um beijo da preguiçosa...
 
(Extraído do livro: Este sexo é feminino /Patrícia Travassos).

22 de maio de 2011

Santa Rita de Cássia

Ó poderosa Santa Rita, chamada de Santa dos impossíveis, advogada dos casos desesperados, auxiliar na hora extrema, refúgio na dor, e salvação para os que se acham nos abismos do pecado e do desespero, com toda a confiança, no vosso celeste patrocínio, a vós recorro no difícil e imprevisto deste caso que dolorosamente me aflige o coração.
Dizei-me , Santa Rita não quereis auxiliar e consolar?
Afastarei o vosso olhar piedoso do meu pobre coração angustiado? Vós bem sabeis, vós bem conheceis o que seja o martírio do coração.
Pelos sofrimentos atrozes que padecestes, pelas lágrimas amargosíssimas que santamente chorastes, vinde em meu auxílio. Falai, rogai, intercedei por mim que não ouso fazê-lo ao Coração de Deus, Pai de misericórdia e fonte de toda a consolação, e obtende-me a graça que desejo. (Mencione-se a graça desejada).
Apresentada por vós, que sois tão cara ao Senhor, a minha prece será aceita e atendida certamente; valer-me-ei deste favor para melhorar minha vida e os meus hábitos, e para exaltar na terra e no céu as misericórdias divinas. Amém.
Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória. (3x)
(Com aprovação eclesiástica)

20 de maio de 2011

As amigas dessa classe.......

Ser Pedagogo...

Ser Pedagogo não é apenas ser Professora, Mestre, Tia, Coordenadora, Supervisora, Orientadora, Dona de escola.
É mais do que isso
É ser Responsável.
Ser Pedagogo é ter coragem de enfrentar uma sociedade deturpada, equivocada sem valores morais nem princípios.
Ser Pedagogo é ser valente, pois sabemos das dificuldades que temos em nossa profissão em nosso dia a dia.
Ser Pedagogo é saber conhecer seu caminho, sua meta, e saber atingir seus objetivos.
Ser Pedagogo é saber lidar com o diferente, sem preconceitos, sem distinção de cor, raça, sexo ou religião.
Ser Pedagogo é ter uma responsabilidade muito grande
nas mãos.
Talvez até mesmo o futuro...
Nas mãos de um Pedagogo concentra- se o futuro de muitos médicos, dentistas, farmacêuticos, engenheiros, advogados, jornalistas, publicitários ou qualquer outra profissão...
Ser Pedagogo é ser responsável pela vida, pelo caminho de cada um destes profissionais que hoje na faculdade e na sociedade nem se quer lembram que um dia passaram pelas mãos de um Pedagogo.
Ser Pedagogo é ser mais que profissional, é ser alguém que acredita na sociedade, no mundo, na vida.
Ser Pedagogo não é fácil, requer dedicação, confiança e perseverança.
Hoje em dia ser Pedagogo em uma sociedade tão competitiva e consumista
não torna-se uma profissão muito atraente, e realmente não é.
Pois os valores, as crenças, os princípios, os desejos estão aquém do intelecto humano.
Hoje a sociedade globalizada está muito voltada para a vida materialista.
As pessoas perderam- se no caminho da dignidade e optaram pelo atalho da competitividade,
é triste pensar assim, muito triste
pois este é o mundo dos nossos filhos
crianças que irão crescer e tornar- se adultos.
Adultos em um mundo muito poluído de idéias e sentimentos sem razão.
Adultos que não sabem o que realmente são
Alienados, com interesses voltados apenas pelo Ter e não pelo Ser.
Ser Pedagogo é ter a missão de mudar não uma Educação retorcida, mas ser capaz de transformar a sociedade que ainda está por vir.
Pode ser ideologia pensar assim, mas como Pedagogos temos a capacidade de plantar hoje nesta sociedade tão carente de valores, sementes que um dia irão florescer.
E quem sabe essa mesma sociedade que hoje é tão infértil possa colher os frutos que só a Pedagogia pode dar.

Ser Pedagogo por Vanessa B. de Carvalho

Aniversário de Alcione

Amiga, desejo um super niver prá vc.... saudades, precisamos voltar a marcar aquelas saidas....

Aniversário do Padre Marcelo Rossi

Nascido em uma família católica de classe média de São Paulo ele foi criado no bairro de Santana, zona norte da capital, juntamente com as irmãs Monica e Marta. O pai, Antonio Rossi, trabalhou durante anos como gerente de banco, e sua mãe, Wilma, era dona de casa. Aos 16 anos decidiu não mais frequentar a Igreja e aos 22 anos conquistou seu diploma superior na faculdade de Educação Física. Nesta mesma época sofreu um choque duplo: perdeu um primo em um acidente de carro e descobriu que sua tia tinha um tumor maligno na cabeça. Estes dois traumas familiares, que lhe causaram muita dor e sofrimento, levaram-no ao reencontro com Deus e ao retorno à Igreja. Marcelo começou a participar das atividades paroquianas e, um ano depois, inspirado em uma minissérie sobre a vida do Papa João Paulo II, decidiu dedicar-se ao sacerdócio. Fez duas faculdades: Filosofia, pela Universidade Nossa Senhora Assunção e Teologia pela Faculdade Salesiana de Lorena. Em 1994 foi ordenado padre e desde o dia 1 de dezembro daquele ano passou a ser conhecido como Padre Marcelo Rossi.
Como sacerdote, tornou-se um fenômeno de mídia e cultura de massas no fim dos anos 1990. É o maior fenômeno artístico cristão da América Latina com mais de 12 milhões de CDs vendidos ao longo de sua carreira.
O padre Marcelo Rossi ficou muito conhecido pela forma como adota danças e coreografias típicas do movimento Renovação Carismática Católica (RCC) e pela publicidade dos trabalhos (CDs, DVDs, cinema e televisão).
Cantando, dançando e fazendo coreografias em missas lotadas e programas de TV, o padre Marcelo Rossi se propõe a levar às pessoas a mensagem de Cristo e os ensinamentos da Igreja de uma maneira original, moderna e leve. Ele já gravou nove discos desde 1998, aparece em programas de TV com certa regularidade, possui um programa de rádio com mais de 100.000 espectadores em todo o país e suas missas a céu aberto atraem milhares de fiéis.
O padre Marcelo Rossi é bastante popular entre os católicos carismáticos, mas alguns católicos tradicionais têm restrições a algumas de suas práticas – bem como a certas práticas da própria Renovação Carismática Católica. Seu estilo já foi criticado por alguns setores da Igreja no Brasil, mas logo obteve mais respeito e aprovação. No dia 21 de outubro de 2010 o padre Marcelo recebeu das mãos do Papa Bento XVI o prêmio Van Thuân - Solidariedade e Desenvolvimento 2010 - como reconhecimento pela sua dedicação ao catolicismo como evangelizador moderno.


Se ele não fosse padre, seria um anjo perdido entre nós...

16 de maio de 2011

Melhor não me perguntar se é pra comer com os olhos........


Strudel rápido IngredientesMassa:

1 xícara de chá de água morna
½ xícara de chá de óleo de soja
1 pitada de sal
1 colher de sopa de vinagre
2 ½ xícaras de farinha de trigo

Como Fazer
Misture todos os ingredientes com o auxilio de uma colher. Amasse um pouco com as mãos. Deixe a massa descansar por 20 minutos dentro de um saco plástico, fora da geladeira.

Recheio:

4 maças cortadas em fatias bem finas
2 xícaras de uvas passas
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de canela
2 colheres de sopa de manteiga para pincelar a massa

Montagem:

Em superfície bem enfarinhada abra a massa com um rolo ate obter um retângulo grande de massa fina. Corte o retângulo em dois. Pincele a massa com a manteiga e distribua as fatias de maça e as passas sobre os dois retângulos deixando 2 centímetros sem recheio em volta. Polvilhe com o açúcar misturado com a canela. Cubra o recheio com a massa e dobre as pontas. Passe os rolos com cuidado para uma assadeira que não precisa estar untada, pincele os rolos com manteiga e leve ao forno ate dourarem.
Espere esfriar e polvilhe com açúcar de confeiteiro.

Para o lanche, um toque especial........

Muffin de banana e frutas secas
Ingredientes
2 xícaras de açúcar
4 colheres de sopa de margarina
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de leite
2 ovos
2 colheres de sopa de baunilha
3 bananas nanicas amassadas
2 colheres de sobremesa de fermento em pó
1 pitada de sal
100 gramas de amêndoas picadas
100 gramas de uvas passas
100 gramas de chocolate picado
100 gramas de damascos picados

Como Fazer
Bata o açúcar e a margarina. Junte os ovos e a baunilha. Acrescente a farinha e o leite aos poucos. Adicione as bananas amassadas, a pitada de sal e o fermento. Misture bem as frutas secas. Coloque forminhas de papel dentro de forminhas de alumínio.
Encha cada forminha com a massa, ate a borda, polvilhe com amêndoas picadas e leve ao forno ate dourarem.

Aniversário da amiga Rafaela

Amiga, força, alegria e paz são os meus desejos nesta data.... abra os presentes que tem mais.... Um novo amor e muito $$$
Feliz Aniversário"""

14 de maio de 2011

Você sabe o que é Matrioshka?????

Uma matrioshka, matriochka ou matrioska ou mamuska (em russo матрёшка ou матрешка, Matryoshka ou Матрьона) ou boneca russa é um brinquedo tradicional da Rússia, constituída por uma série de bonecas, feitas de diversos materiais, ainda que o mais frequente seja a madeira, que são colocadas umas dentro das outras, da maior (exterior) até a menor (a única que não é oca). A palavra provém do diminutivo do nome próprio Matryona.
O número de figuras que se conseguem encaixar é, geralmente de 6 ou 7, ainda que existam algumas com um número impressionante de peças. A sua forma é simples, mais ou menos cilíndrica e arredondada e mais estreita na parte superior, onde se situa a cabeça da boneca. Não têm mãos (a não ser as que são pintadas na(s) sua(s) superfície(s)). O grau de sofisticação das matrioscas reside, de facto, na complexidade dos motivos pintados. Outra característica que diferencia as diversas peças são as figuras que encarnam: desde figuras femininas vestidas com trajes tradicionais campesinos, a personagens de contos de fadas, até aos antigos líderes da União Soviética.
A versão feminina é designada, por exemplo, na Sérvia, como бабушка (babuchka), que significa "avozinha", enquanto a versão masculina é designada como дедушка (dyeduchka), "avozinho".
Conta-se que Sergei Maliutin, um pintor artesanal de Abramtsevo, viu uma série de bonecos de madeira representando os Shichi-fuku-jin, os Sete Deuses da Fortuna, encaixados de forma semelhante às bonecas actuais.
Uma outra história é que um senhor que esculpia e vendia bonecas uma vez fez uma boneca tão bonita que não quis vendê-la, levou para a sua casa e colocou no seu criado mudo e deu o nome a ela de Matrioshka. Todas as noites antes de dormir, perguntava a Matrioshka se estava feliz. Até que em certa noite Matrioshka pediu um bebê. Então o senhor esculpiu uma boneca menor chamada Trioshka, serrou a Matrioshka e colocou o bebê dentro dela. Mas logo na noite seguinte, a Trioshka também pediu um bebê. E lá se foi o senhor e fez uma boneca e colocou dentro da Trioshka, desta vez a bebê se chamava Oshka. Assim seguindo o caminho das outras, na noites seguinte Oshka pediu um bebê e lá se foi novamente o senhor fazer mais um bebê. Só que desta vez pensando que isso não iria acabar mais, o senhor fez o bebê e desenhou rapidamente um bigode nele e o chamou de Ka, garantindo que seria homem e não iria pedir um bebê novamente.

Aniversário do amigo Euclides

Feliz AniversarioNão podia deixar de desejar Feliz Aniversário pra vc.......
Parabéns meus e de Luis Francisco...

13 de maio de 2011

Sexta-feira - 13....... Um dia como qualquer outro, afinal, tive que trabalhar....

Que imagem postar????

Em 13 de maio de 2008, comemoram-se os 120 anos da assinatura da lei Áurea pela princesa Isabel, que ocupava então a Regência do Império do Brasil, em virtude de um tratamento de saúde que seu pai, o imperador dom Pedro 2º, realizava na Europa. 
História

Em 13 de maio de 2008, comemoram-se os 120 anos da assinatura da lei Áurea pela princesa Isabel, que ocupava então a Regência do Império do Brasil, em virtude de um tratamento de saúde que seu pai, o imperador dom Pedro 2º, realizava na Europa. 
A data está um pouco desprestigiada desde a década de 1970, quando os movimentos negros brasileiros resolveram instituir um dia da consciência negra para ressaltar o papel dos próprios negros no processo de sua emancipação. Assim, o dia 20 de novembro, que relembra a execução de Zumbi, seria um contraponto ao 13 de maio.
De acordo com essa perspectiva, o 13 de maio seria uma data que representaria a abolição como um ato de "generosidade" da elite branca e transformaria a princesa na personagem principal da libertação dos escravos. Ao contrário, o 20 de novembro, homenageando Zumbi e o quilombo de Palmares, seria um símbolo da resistência e da combatividade dos negros, que, de fato, não aceitaram passivamente a escravidão.
Aos poucos, o dia nacional da consciência negra ganhou prestígio, até ser incluído no calendário escolar brasileiro, pelo artigo 79-B, da lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que incluiu no currículo escolar a obrigatoriedade da temática "história e cultura afro-brasileira". Tornou-se também, segundo a Agência Brasil, um feriado em 225 municípios brasileiros, inclusive São Paulo, a maior metrópole do país.
Comemorar o 13 de maio
A questão que se pode levantar a partir disso é: há ou não motivos para a comemoração do 13 de maio? A efeméride tem, sim, seu valor histórico. Ela comemora a vitória do movimento abolicionista e do parlamento brasileiro. A campanha abolicionista, um dos maiores movimentos cívicos da história do Brasil, ao lado da campanha pelas Diretas Já, atingiu o êxito no exato momento que a princesa Isabel assinou a célebre lei.
Por outro lado, é importante ter em mente que a história trata de fatos do passado, mas as interpretações desses fatos dependem da época em que elas são feitas. O significado dos fatos, portanto, varia de acordo com as gerações de historiadores que se debruçam sobre eles e, também, segundo a ideologia que está por trás de suas interpretações.
Assim, o que se valoriza numa determinada época, pode simplesmente ser considerado menos importante ou até se pôr de lado numa ocasião posterior. Um outro exemplo da história ajuda a esclarecer a questão: a comemoração de 21 de abril, que relembra o martírio de Tiradentes só passou a existir após a Independência do Brasil. Enquanto éramos colônia portuguesa, Tiradentes não era considerado um herói, muito pelo contrário.
Depois da abolição
Enfim, a lei Áurea serviu para libertar 700 mil escravos que ainda existiam no Brasil em 1888 e proibir a escravidão no país. Independentemente disso, não se pode deixar de reconhecer que a abolição não resolveu diversas questões essenciais acerca da inclusão dos negros libertos na sociedade brasileira. Depois da lei Áurea, o Estado brasileiro não tomou medidas que favorecessem sua integração social, abandonando-os à própria sorte.
Essa dívida social, porém, não pode ser imputada somente à princesa Isabel e à monarquia. A situação social dos negros não melhorou com a República. Sobre isso, o Estado só veio a se pronunciar com mais veemência no ano 2003, com a instituição da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, que tem desenvolvido projetos visando a inclusão social do negro.
Apesar disso, as estatísticas do IBGE ainda registram grande desigualdade em relação a negros e brancos. Alguns exemplos referentes à educação são bastante significativos. Os dados mais recentes apontam a taxa de analfabetismo das pessoas com 15 anos de idade ou mais: 8,3% de brancos e 21% de negros.
A média de anos de estudo das pessoas com 10 anos de idade ou mais é de quase seis anos para os brancos e cerca de três e meio para negros. Enquanto 22,7% dos brancos com 18 anos ou mais concluíram o ensino médio, somente o fizeram 13% dos negros.

da página: http://www.medio.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1364&Itemid=39

Dia 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora De Fátima...

Há quase 100 anos, Nossa Senhora apareceu pela primeira vez em Fátima, no dia 13 de maio de 1917, Lúcia acabara de completar 10 anos; Francisco estava para completar 9; e Jacinta, a menor, tinha pouco mais de 7 anos.
As aparições de Nossa Senhora se deram habitualmente na Cova da Iria, numa propriedade do pai de Lúcia, situada a 2,5Km de Fátima. A mãe de Deus aparecia por volta do meio-dia, sobre uma azinheira de pouco mais de um metro de altura.
Por algum misterioso desígnio de Deus, as três crianças foram privilegiadas, mas desigualmente: as três viam Nossa Senhora, mas Francisco não A ouvia; Jacinta A via e ouvia, mas não lhe falava; Lúcia via e ouvia a Santíssima Virgem, e também falava com ela.
Os pastorinhos estavam, naquele dia 13, brincando de construir uma casinha de pedras em redor de uma moita quando, de repente, brilhou uma luz muito intensa.
Num primeiro momento pensaram que tinha sido um relâmpago, mas pouco depois avistaram, sobre uma azinheira, “uma Senhora, vestida toda de branco, mais brilhante que o Sol, espargindo luz mais clara e intensa que um copo de cristal cheio de água cristalina, atravessado pelos raios do Sol mais ardente”.
As crianças, surpreendidas, pararam bem perto da Senhora, dentro da luz que a envolvia. Nossa Senhora então deu início a seguinte conversação com Lúcia:
- Não tenhais medo. Eu não vos faço mal.
- De onde é Vossemecê?
- Sou do Céu.
- E que é que Vossemecê quer?
- Vim para vos pedir que venhais aqui seis meses seguidos, no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Depois, voltarei ainda aqui uma sétima vez.
- E eu vou para o Céu?
- Sim, vais.
- E a Jacinta?
- Também.
- E o Francisco?
- Também; mas tem que rezar muitos Terços. Lucia lembrou-se então de perguntar por duas jovens suas amigas que haviam falecido pouco tempo antes:
- A Maria das Neves já está no Céu?
- Sim, está.
- E a Amélia?
- Estará no Purgatório até o fim do mundo.
Nossa Senhora fez então um convite explícito aos pastorinhos:
- Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido, e de súplica pela conversão dos pecadores?
- Sim, queremos.
- Ide, pois, ter muito que sofrer, mas a graça de Deus será o vosso conforto.
Nossa Senhora ainda acrescentou: “Rezem o Terço todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo e o fim da guerra”. Depois, começou a Se elevar majestosamente pelos ares na direção do nascente, até que desapareceu.
 __________________________________________________

Segunda Aparição

A 13 de junho, os videntes não estavam sós, mais 50 pessoas haviam comparecido ao local.
A pequena Jacinta não conseguira guardar o segredo que os três haviam combinado, e se espalhara a notícia da aparição.
Desta vez, foi Lúcia que principiou a falar:
- Vossemecê que me quer?
- Quero que venhais aqui no dia 13 do mês que vem, que rezeis o terço todos os dias, e que aprendais a ler. Depois direi o que quero.
Lúcia pediu a Nossa Senhora a cura de um doente.
- Se se converter, curar-se-a durante o ano.
- Queria pedir-lhe para nos levar para o Céu.
- Sim, a Jacinta e o Francisco, levo-os em breve. Mas tu ficas cá mais algum tempo. Jesus quer Servir-se de ti para Me fazer conhecer e amar. Ele quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. A quem a abraçar, prometo a salvação; e serão queridas de Deus estas almas, como flores postas por Mim a adornar o seu trono.
- Fico cá sozinha?
- Não, filha. E tu sofres muito? Não desanimes. Eu nunca te deixarei. O meu Imaculado Coração será o teu refúgio, e o caminho que te conduzirá até Deus.
Nossa Senhora, como da primeira vez, elevou-se com majestosa serenidade e foi-se distanciando, rumo ao nascente.

_____________________________________________

Terceira Aparição

A 13 de julho, mais de 2 mil pessoas haviam comparecido à Cova da Iria.
As pessoas presentes notaram uma nuvenzinha de cor acinzentada pairando sobre a azinheira; notaram também que o sol se ofuscou e um vento fresco soprou, aliviando o calor daquele auge de verão.
Novamente foi Lúcia que iniciou a conversação:
- Vossemecê que me quer?
- Quero que venham aqui no dia 13 do mês que vem, que continuem a rezar o Terço todos os dias, em honra de Nossa Senhora do Rosário, para obter a paz do mundo e o fim da guerra, porque só Ela lhes poderá valer.
- Queria pedir-lhe para nos dizer Quem é; para fazer um milagre com que todos acreditem que Vossemecê nos aparece.
- Continuem a vir aqui, todos os meses. Em outubro direi Quem sou, o que quero, e farei um milagre que todos hão de ver para acreditar.
Lucia fez então alguns pedidos de graças e curas. Nossa Senhora respondeu que deviam rezar o Terço para alcançarem as graças durante o ano. Depois, prosseguiu:
- Sacrificai-vos pelos pecadores, e dizei muitas vezes, em especial sempre que fizerdes algum sacrifício: Ó Jesus, é por vosso amor, pela conversão dos pecadores, e em reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria.
Deu-se então a visão do Inferno, descrita, anos depois, pela Irmã Lúcia. Esta visão constitui a primeira parte do Segredo de Fátima, revelada apenas em 1941, assim como a segunda parte a seguir:
Após a terrível visão do inferno, os três pastorinhos levantaram os olhos para Nossa Senhora, como que para pedir socorro, e Ela, com bondade e tristeza, prosseguiu:
- Vistes o inferno, para onde vão as almas dos pobres pecadores. Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. Se fizerem o que Eu vos disser, salvar-se-ão muitas almas e terão paz. A guerra vai acabar. Mas se não deixarem de ofender a Deus, no reinado de Pio XI começará outra pior.
Quando virdes uma noite alumiada por uma luz desconhecida, sabei que é o grande sinal que Deus vos dá, de que vai punir o mundo de seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para a impedir, virei pedir a consagração da Rússia ao meu Imaculado Coração e a comunhão reparadora nos primeiros sábados. Se atenderem aos meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz; se não, espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja.
Os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas. Por fim, o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia, e ela se converterá, e será concedido ao mundo algum tempo de paz. Em Portugal, se conservará sempre o Dogma de Fé; etc…
Aqui se insere a terceira parte do Segredo de Fátima, revelada em 13 de maio de 2000.
- Isso não digais a ninguém. Ao Francisco sim, podes dizê-lo.
Após uma pausa prosseguiram:
- Quando rezardes o terço, dizei depois de cada mistério: Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu, principalmente aquelas que mais precisarem.
- Vossemecê não me quer mais nada?
- Não. Hoje não te quero mais nada.
E como das outras vezes, começou a se elevar com majestade na direção do nascente, até desaparecer por completo.
__________________________________________________
Quarta Aparição
Os três pastorinhos foram sequestrados, na manhã do dia 13 de agosto, pelo administrador de Ourém, a cuja jurisdição pertencia Fátima. Ele achava que os segredos de Nossa Senhora se referiam a um acontecimento político que abaria com a República, recém instalada em Portugal.
Como eles nada revelaram do segredo – mesmo tendo sido deixados sem comida, presos juntamente com criminosos comuns e sofrido forte pressão -, o truculento administrador acabou por desistir do intento e devolveu os videntes a suas famílias. Mas com isso, eles tinham perdido a visita da Bela Senhora, que descera à cova de Iria, mas não os encontrara.
Dois dias depois, entretanto, a Virgem novamente lhes apareceu,em um local chamado Valinhos.\r\nComo das outras vezes, seguiu-se o diálogo:
- Que é que Vossemecê me quer?
- Quero que continueis a ir à Cova da Iria no dia 13; que continueis a rezar o Terço todos os dias.\r\nNo último mês, farei o milagre para que todos acreditem.
- Que é que Vossemecê quer que se faça ao dinheiro que o povo deixa na Cova da Iria?
- Façam dois andores. Um, leva-o tu com a Jacinta e mais duas meninas, vestidas de branco; o outro, que leve o Francisco com mais três meninos. O dinheiro dos andores é para a festa de Nossa Senhora do Rosário; e o que sobrar é para a ajuda de uma capela, que hão de mandar fazer.
- Queria pedir-Lhe a cura de alguns doentes.
- Sim, alguns curarei durante o ano. Rezai, rezai muito; e fazei sacrifícios pelos pecadores, que vão muitas almas para o inferno, por não haver quem se sacrifique e peça por elas.
Em seguida, como de costume, começou a se elevar e desapareceu na direção do nascente.
__________________________________________________
Quinta Aparição
A 13 de setembro, já eram 15 ou 20 mil as pessoas presentes no local das aparições. A Virgem assim falou:
- Continuem a rezar o Terço, para alcançarem o fim da guerra. Em outubro virá também Nosso Senhor, Nossa Senhora das Dores e do Carmo, São José com o Menino Jesus, para abençoarem o mundo. Deus está contente com os vossos sacrifícios, mas não quer que durmais com a corda.
Trazei-a só durante o dia.
- Têm-me pedido para Lhe pedir muitas coisas: a cura de alguns doentes, de um surdo-mudo.
- Sim, alguns curarei. Outros, não, em outubro farei o milagre para que todos acreditem.
Em seguida, começou a se elevar e desapareceu no firmamento.


__________________________________________________
Sexta aparição e o milagre do sol
A multidão rezava o terço quando, à hora habitual, Nossa Senhora apareceu sobre a azinheira:
- Que é que Vossemecê me quer?
- Quero dizer-te que façam aqui uma capela em minha honra; que sou a Senhora do Rosário; que continuem sempre a rezar o Terço todos os dias. A guerra vai acabar, e os militares voltarão em breve para suas casas.
- Eu tinha muitas coisas para lhe pedir: se curava uns doentes e se convertia uns pecadores, etc. …
- Uns sim, outros não. É preciso que se emendem; que peçam perdão dos seus pecados. Não ofendam mais a Deus Nosso Senhor, que já está muito ofendido.
Nesse momento, abriu as mãos e fez com que elas se refletissem no Sol, e começou a Se elevar, desaparecendo no firmamento. Enquanto Se elevava, o reflexo de sua própria luz se projetava no Sol.
Os pastorinhos então viram, ao lado do Sol, o Menino Jesus com São José e Nossa Senhora. São José e o Menino traçavam com a mão gestos em forma de cruz, parecendo abençoar o mundo.
Desaparecida esta visão, Lúcia viu Nosso Senhor a caminho do Calvário e Nossa Senhora das\r\nDores. Ainda uma vez Nosso Senhor traçou com a mão um sinal da Cruz, abençoando a multidão.
Por fim aos olhos de Lúcia apareceu Nossa Senhora do Carmo com o Menino Jesus ao colo, com aspecto soberano e glorioso.
As três visões recordaram, assim, os Mistérios gososos, os dolorosos e os gloriosos do Santo Rosário. O milagre do Sol Enquanto se passavam essas cenas, a multidão espantada assistiu ao grande milagre prometido pela Virgem para que todos cressem.
No momento em que Ela se elevava da azinheira e rumava para o nascente, o Sol apareceu por entre as nuvens, como um grande disco prateado, brilhando com fulgor fora do comum, mas sem cegar a vista. E logo começou a girar rapidamente, de modo vertiginoso. Depois parou algum tempo e recomeçou a girar velozmente sobre si mesmo, à maneira de uma imensa bola de fogo. Seus bordos tornaram-se, a certa altura, avermelhados e o Astro-Rei espalhou pelo céu chamas de fogo num redemoinho espantoso. A luz dessas chamas se refletia nos rostos dos assistentes, nas árvores, nos objetos todos, os quais tomavam cores e tons muito diversos, esverdeados, azulados avermelhados, alaranjados etc.
A 13 de outubro, era imensa a multidão que acorrera à Cova da Iria: 50 a 70 mil pessoas. A maior parte chegara na véspera e ali passara a noite. Chovia torrencialmente e o solo se transformara num imenso lodaçal.
Três vezes o Sol, girando loucamente diante dos olhos de todos, se precipitou em ziguezague sobre a terra, para pavor da multidão que, aterrorizada, pedia a Deus perdão por seus pecados e misericórdia.
O fenômeno durou cerca de 10 minutos . Todos o viram, ninguém ousou pô-lo em dúvida, nem mesmo livres-pensadores e agnósticos que ali haviam acorrido por curiosidade ou para zombar da credulidade popular.
Não se tratou, como mais tarde imaginaram pessoas sem fé, de um fenômeno de sugestão ou excitação coletiva, porque foi visto a até 40 km de distância, por muitas pessoas que estavam fora do local da aparições e portanto fora da área de influência de uma pretensa sugestão ou excitação.
Mais um pormenor espantoso notado por muitos: as roupas, que se encontravam encharcadas pela chuva no início do fenômeno, haviam secado prodigiosamente minutos depois.

12 de maio de 2011

Aniverário da Amiga Tatiana

Tati, não me esqueci de vc, Feliz Aniversário, bjs

10 de maio de 2011

Aniversário da Amiga Andrea

Amiga, FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!!!!

Aniversário de Erica Rangel

AniversarioPrecisamos marcar um encontro, tó com saudades.....

9 de maio de 2011

Aniversário de Audifax

Ao amigo de infância, e hoje um grande homem... Charles Barcelos

Como faz????

 SAUDADES ....
Agostinho, queria que essa palavra não existisse.......

Red Hot Drink

Licor de chocolate: 3/4 de copo Licor de morango: 3/4 de copo
Cachaça: 1 dose

Para decoração:
Pimenta-Rosa: a gosto
Calda de chocolate branco: q.b.
Morango: q.b.
Pimenta-malagueta: 1

Preparação

Numa misturadora, bater tudo com gelo.
Servir numa taça vistosa.

Sugestões

Decorar com a calda (para ter um aspecto visual como na foto) e o morango.
Colocar uns grãos de pimenta-Rosa e enfeitar o copo com a pimenta-malagueta.

Damasco

8 de maio de 2011

Café com Filho

Esse é só para dois, Mãe e Filho....

 Esse dias de comemorações, prefiro algo mais tranquilo, sem ter que enfrentar filas e alguem doido pelo meu lugar......

Dia das Mães

Fala sério!!! Mãe é aquela que olha e fala " -Não é lindo meu filho?"

Regras de "Convidado para sempre"

Sempre que você é convidado para alguma festa ou reunião social é porque sua presença é muito bem-vinda. Afinal de contas, a gente sabe o trabalho que dá para organizar uma recepção, como é prazeroso ver que as pessoas estão aproveitando e, por outro lado, como alguém que faz pouco caso pode causar frustração. Por isso, fique atento a algumas regrinhas básicas e garanta seu lugar de novo!  

1-    Responda ao convite o mais rápido possível, confirmando a sua presença, para que os anfitriões tenham tempo de se preparar.
2-    Aceite apenas um convite por noite. Dar apenas uma passadinha é muito feio, demonstra desinteresse pelo evento, ou, pior, pelos anfitriões.
3-    Seja pontual.  Se o jantar for marcado para 21h, o convidado educado deve chegar, no máximo, às 21h15.
4-    Enviar flores para a dona da casa é um dos gestos mais simpáticos que um convidado pode ter.  Se você quiser mandá-las antecipadamente, certifique-se que chegarão no dia da festa, logo pela manhã. Assim, a anfitriã poderá incluí-la na decoração.
5-    Mas se preferir chegar com as flores na festa, sem problemas. O ideal é escolher um arranjo de vaso, para evitar que a anfitriã não tenha que perder tempo procurando onde colocar suas flores.
6-    Se preferir, ao invés de flores, leve uma caixa de bombons. Sempre agradam.
7-    Jamais reclame da distância, do trânsito, da falta de lugar para estacionar, enfim, de qualquer coisa que não esteja sob o controle dos anfitriões.
8-    Despeça-se ao menor sinal de sono ou cansaço dos anfitriões.
9-    Lembre-se de agradecer o convite no dia seguinte. Telefone, elogie e comente detalhes que você reparou. Os elogios são a maior recompensa para quem recebe. Mas atenção: não critique ninguém que estava na festa. É horrível!


Afinal, quem gosta de convidar um mal-educado??

7 de maio de 2011

Kid Abelha - Quero Te Encontrar

Aniversário de Hérica

glitters

Uma linda, parece uma boneca

Parece realmente uma boneca... Essa é Estela, ela é realmente muito linda. Flha de um casal de amigos..... pode nao parecer na foto, mas ela tem um cabelo de causar inveja, ruivinha...Bjs gatinha

Coquetel Hexadrink

Ingredientes:

30 ml cachaça
50 ml licor de melão
120 ml suco de manga
Modo de preparo:
Em um copo long drinque, coloque gelo e o suco de manga. Na coqueteleira, bata com gelo a cachaça e o licor. Coe devagar para que os ingredientes não se misturem.
Decore com um triângulo de manga, uma estrela de carambola e folhas de ortelã.

Aniversário de Amalia

Amalia, querida amiga, o que houve??? Liguei pra vc e uma voz masculina atendeu dissendo que o jantar de comemoração estava cancelado.... E as amigas como ficam????

6 de maio de 2011

Aniversário da amiga Sueli

 Su, agradeço de coração o convite, mas nem tudo é possivel......... mas espero que seja em breve que possamos tornar a nos ver.... também tenho saudades. Mas é possivel lhe desejar muitas felicidades e parabéns!!!!

Não é domingo, mas vale uma macarronada

Macarronada da Mama
Espaguete com molho de tomates, abobrinha e Caldo MAGGI® de Carne
Ingredientes
  • meio pacote de macarrão tipo espaguete (250g)
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 3 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cebola média, picada
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 lata de purê de tomate (350g)
  • 500 g de tomates sem pele e sem sementes, picados
  • 1 tablete de Caldo MAGGI® de Carne
  • 2 colheres (sopa) de azeitonas pretas picadas
  • 2 abobrinhas em rodelas bem finas
  • 2 colheres (sopa) de salsa picada
  • 3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
Modo de Preparo

Cozinhe o macarrão em dois litros e meio de água fervente com o sal, até que esteja 'al dente'. Enquanto isso, aqueça uma colher (sopa) do óleo em uma panela e doure a cebola e o alho . Adicione o purê de tomate e os tomates , e mexa bem. Acrescente o Caldo MAGGI e as azeitonas picadas. Cozinhe em fogo baixo com a panela tampada por cerca de 10 minutos ou até que os tomates se desmanchem. Enquanto isso, em uma frigideira, aqueça o óleo restante e doure as rodelas de abobrinha aos poucos. Junte-as ao molho de tomate , tampe a panela e cozinhe por cerca de 10 minutos. Desligue o fogo e junte a salsa picada. Escorra o macarrão e adicione o molho de abobrinha . Misture bem, polvilhe o queijo parmesão ralado e sirva a seguir.

É com tristeza que nos deixa...

"Não somos seres humanos vivendo uma experiência espiritual, somos seres espirituais vivendo uma experiência humana."
Jorge Nascimento - 06/05/2011 V

5 de maio de 2011

Pensando nisso.........

"O destino une e separa as pessoas, mas, nenhuma força é tão grande para fazer esquecer pessoas, que por algum motivo um dia nos fizeram felizes".







Aos amigos que ficaram no passado (Colégio Americano Batista de Vitória - turma 1975/1980)
-Ilana
-Alessandra
-Mônica
-Célio
-Flávio
-Marcos

-Luciene
-Marize
-Karla
-Neuzete
-Vagner
-Berta
-Raquel
-Ronaldo
-Júlio
se vc faltou aqui, me avisa, estou a sua procura